O que mais me encanta na história de hoje é a alegria e a bondade da pessoa mais feliz que eu conheço: a Bruna Shayene. A Bru é o tipo de pessoa realmente feliz, realmente especial. É um ser que não enxerga com os olhos, ela vê com o coração.

E quer saber mais? Ela já passou por cada situação que contando a gente não acredita. Teve uma vida difícil, teve que amadurecer cedo e nunca viu nada cair do céu. E sabe por que eu a trouxe pra essa série? Porque ela é do tipo que mesmo que chova canivete, ela vai ver um lado bom. Não importa o que aconteça, ela te mostra um lado bom. Não importa o que você esteja vivendo, ela te aponta o lado bom.

Ela vê o mundo de uma forma boa, lindamente boa. Pura! Ela é um exemplo pra mim e espero que seja pra você também. Com vocês, minha arquiteta, que ama roxo e unicórnios, dança como ninguém, é feliz e não perde tempo julgando as outras pessoas. Ela vive a vida dela, simples assim. {Eu realmente espero que você tenha Brunas assim na sua vida. Se você tiver, cuide com carinho, elas são raras}.

.: Conta pra gente um pouco de você, o que você faz atualmente e como chegou até aqui?
Atualmente, trabalho como projetista e com vendas de uma loja na área de decoração de interiores. Como cheguei aqui? Eita! Isso é meio longo… Mas, bora lá! Sempre trabalhei, desde os meus 14 anos (comecei escondido, pois minha mãe não queria que eu trabalhasse, mas eu não queria mais pedir ajuda para ela, já que éramos só nós duas) em um buffet de criança, e dos 14 aos 18, animei festas, aprendi a fazer balões em formato de bichinhos e pintura em rosto de criança. Com 17 anos, entrei na faculdade e, com 18 anos, sai do buffet, pois consegui um estágio na área que eu estava cursando – arquitetura e urbanismo.

Segui nos 5 anos da faculdade estagiando e trabalhando em grandes escritórios onde nunca me senti valorizada e nunca obtive o retorno financeiro que esperei quando comecei a cursar a faculdade. Neste ano, decidi mudar de emprego, por uma série de problemas pessoais e financeiros. E acabei aqui, não saí totalmente da minha área, pois ainda faço projetos. Mas nunca havia trabalho com vendas, então, está sendo um puta desafio para mim.

.: Sua mãe te criou sozinha. O que de mais importante você aprendeu com ela?
RESPEITO. Com certeza, foi o mais forte aprendizado que tive com a minha guerreira. Todos somos iguais, e todos devemos ser tratados com respeito. Valorizo o trabalho e a história de todo mundo que eu conheço, e sempre vejo o lado bom de cada um. Mesmo que a pessoa só tenha me mostrado seu lado ruim.

.: O que você falaria pra ela agora?
Querida Mami, sua cabrita sabe o valor das pequenas e grandes coisas. E eu faria qualquer coisa no mundo para te fazer feliz.

.: A proatividade te faz ir mais longe?
Humm… Sim? Hahahaha, não sei! Me sinto capaz de muitas coisas, nunca fui focada em apenas uma coisa. Sou muito engajada a ajudar as ONGs de animais, adoro maquiar, amo ballet, sou uma ótima ouvinte… Sinto que assim tenho muitos amigos em muitas áreas. E meus amigos são minha família, assim me sinto realizada.

.: O que te motiva? Qual o seu propósito no mundo?
Meu propósito no mundo é fazer a diferença na vida de alguém, não importa a área e o tamanho da minha ação. Sabe como mudo o dia de muita gente? Com um simples abraço. Muitos não esperam por isso!

.: 3 coisas que fazem de você uma mulher do futuro.
– Sou uma mulher do futuro porque nunca deixo nada para amanhã.
– Sou uma mulher do futuro porque sou feliz.
– Sou uma mulher do futuro porque sei o que é gratidão.

.: Uma grande lição que fez de você a mulher que é hoje {que você aprendeu e pode compartilhar}.
Consegui influenciar um peão de obra a se alfabetizar, completar os estudos, cursar faculdade e se tornar engenheiro civil na mesma construtora que começou como peão. Foi muito emocionante e única essa experiência na minha vida. Encho o peito pra falar.

.: Que conselho você dá para a mulher que está te lendo e quer ter uma vida com mais propósito e felicidade <3 {mas que, por algum motivo, não sabe como fazer isso}?
Acredite que você pode fazer a diferença na vida de alguém, que sua vida é necessária! E acima de tudo – >>> Se ame <<<-!!!

.: Como você deixa sua marca no mundo {e de quebra deixa ele melhor}?
Acredito que “minha marca” não deve ser deixada no mundo, mas sim na vida de alguém. Não quero atingir o mundo, mas atingir cada pessoa ao meu redor, fazer a vida dela melhor, fazê-la enxergar que sempre tem um lado bom nas coisas da vida.

Reflexões que tirei dessa entrevista:
>> Você ainda vai ser grata por todas as dificuldades que passou. Elas sempre trazem ensinamentos valiosos.
>> Tudo tem um lado bom, se permita enxergar com o coração.
>> Abrace alguém hoje. Faça isso. Vai mudar seu dia 😉

Este texto faz parte da série “Mulheres do Futuro”. O objetivo dessas entrevistas é contar a história de mulheres incríveis, que trabalham com coisas completamente diferentes, que possuem um senso de mudança arrebatador. Mulheres que desejo ver cada vez mais num futuro bem próximo. A cada semana, vou contar a história de uma delas e, espero de coração, que elas também possam te inspirar a correr atrás dos seus sonhos.

Todas as entrevistas serão em formato ping-pong (pergunta e resposta). As perguntas são bem parecidas para quase todas. E a ideia é essa mesmo, observar a perspectiva de resposta de cada uma de acordo com o seu mundo.

Quer receber um material bacana e que realmente te ajude na geração de conteúdo nas redes sociais?

Cadastre seu e-mail {e óh, fica tranquilo, a gente só manda o que gostaria de receber também. Respeitamos o seu espaço}.